jump to navigation

Castelões dezembro 12, 2008

Posted by Renata do Amaral in Brás.
Tags:
5 comments

casteloes

A despedida do meu curso foi nessa pizzaria supertradicional, fundada em 1929. O lugar é muito legal, mas a pizza estava longe de figurar entre as melhores que já provei. A borda alta terminou ficando meio crua e não achei a massa tão gostosa. Acho engraçado porque em São Paulo há pizzas sem queijo, como a de calabresa, só com lingüiça e cebola picadas por cima.

Para completar, o garçom não entendia nada do que a gente falava. Era algo do tipo ele ouvir “pizza napolitana” quando a gente pedia “suco de uva”! O pior foram as baratas que encontramos no caminho do banheiro, que fica fora da casa. Eca! Será que devo abrir uma tag para elas, depois daqui e do trauma do Empanadas? Ah, o pudim de leite da sobremesa estava ótimo.

Endereço: Rua Jairo Góis, 126, Brás

[ Foto: Seu Restaurante ]

Anúncios

Gombe dezembro 9, 2008

Posted by Renata do Amaral in Liberdade.
Tags:
add a comment

gombeA idéia inicial era ir ao Aska Lamen, por sugestão direta de Vanessa e indireta de Neide Rigo, cujo blog adoro. Só que Chico tinha combinado com uns amigos de ir ao Gombe, então eu e Bruna fomos junto.

O forte do local são as robatas, mas como eu estava com desejo de lamen, pedi um com peixe prensado, espinafre, ovo e porco (R$ 14). Muito bom. O resto do povo foi no teishoku, uma refeição completa com vários itens do cardápio.

Endereço: Rua Tomás Gonzaga, 22, Liberdade

[ Foto: Seu Restaurante ]

Ici Bistrô dezembro 8, 2008

Posted by Renata do Amaral in Higienópolis.
Tags:
add a comment

ici

Minha ida ao Ici Bistrô foi um tanto traumática. Não pelo lugar em si, mas porque levei um superbolo de um entrevistado que eu queria muito conhecer. Cheguei às 13h em ponto e só decidi começar a comer lá pras 14h20. Só que a essa altura já estava totalmente sem clima, obviamente. Tanto que só pedi uma saladinha.

O couvert (R$ 8,90), que ficou todo esse tempo me esperando na mesa, era simples, com pães (ótimos), manteiga (hum, já é suficiente), pasta de berinjela (dona Helena faz melhor) e bolinhas de queijo de cabra (eu gosto). Meu prato foi uma salada de rúcula, agrião e pato (R$ 25), com minha ave favorita bem crocante e desfiada, mas um pouco carregada na gordura.

Pedi a sobremesa do dia: eclair de banana caramelada ao rum, sorvete amargo Magnum, chantilly e praliné de amêndoas (R$ 16). A descrição é bem mais saborosa que o resultado, meio sem graça. E meu humor não estava dos melhores. Nem fiquei irada, mas mais com pena de perder uma conversa que acho que seria ótima.

Endereço: Rua Pará, 36, Higienópolis

[ Foto: Divulgação ]

Sobaria dezembro 7, 2008

Posted by Renata do Amaral in Vila Mariana.
Tags:
add a comment

soba

Não, não escrevi errado nem é uma casa de sopas, mas de sobás, daí o nome! A Sobaria é uma casa muito interessante especializada em cozinha do Mato Grosso do Sul. Interessante porque lá você come uma sopa paraguaia (R$ 14) sólida (!!!) e experimenta um gostoso sobá, uma espécie de macarrão oriental trazida ao estado pelos japoneses (!!!).

O meu foi de lombo de porco – a porção pequena sai por R$ 16 e serve bem uma pessoa. Além da carne e da massa, vem com omelete e vegetais. Para completar, suco de melancia com gengibre (R$ 4). Com tanta informação, acho melhor deixar a palavra para o cardápio deles mesmo. Vivendo e aprendendo! Vale a visita.

sopa

Endereço: Rua Áurea, 343, Vila Mariana

[ Fotos: Divulgação ]

Alaska dezembro 7, 2008

Posted by Renata do Amaral in Paraíso.
Tags:
add a comment

alaska

Fui ao Alaska sem saber que era a sorveteria mais antiga da cidade – segundo a Vejinha de 2005, ela existe desde 1910, que nem meu avô Deoclécio! Os sabores são bem comuns, na linha chocolate e flocos, com leve exceção dos dois que eu pedi: damasco com pedaços e misk (R$ 5). O primeiro vem pedaçudo – cuidado para não doer o dente ao morder os pedaços! – e o segundo é bem perfumado e diferente. Achei engraçado que eles colocam uma casquinha daquelas ruins embaixo da outra, de biscoito, para o cliente não se melecar tanto.

Endereço: Rua Doutor Rafael de Barros, 70, Paraíso

[ Foto: Brasil Sabor ]

Frangó dezembro 7, 2008

Posted by Renata do Amaral in Freguesia do Ó.
Tags:
2 comments

coxinhaCom algum esforço, consegui arrastar Chico e Natália para fora do centro expandido (hahaha!) para ir ao Frangó. Ah, nem é tão longe assim, viu? É só cruzar a Marginal Tietê e subir uma ladeira imensa que você chega lá. A gente foi de ônibus e depois pegou um táxi. Pelo tamanho da ladeira, o investimento de menos de R$ 10 vale a pena.

Abrimos os trabalhos com a famosa porção com dez unidades da coxinha aperitivo (R$ 18,50). Casquinha crocante, massa macia, recheio temperadinho, uma perdição! A danada leva catupiry e ainda assim é boa! Só que ela não é tão aperitivo assim: comer três significa ter menos espaço pro prato principal – no caso um frango grelhado completo (R$ 45,70).

coloradoPara beber, fomos de cerveja clara weiss Colorado Appia, de trigo e mel (R$ 16,50), que não é doce como a descrição faz parecer. Nati, aquela pessoa praticamente irlandesa, foi de chope Guinness. O Frangó tem 20 anos e foi eleito seis vezes o melhor boteco da cidade pela Vejinha. A carta de cervejas é imensa, mas os preços são para lá de proibitivos.

Endereço: Largo da Matriz da Nossa Senhora do Ó, 168, Freguesia do Ó

[ Fotos: Divulgação e Brincando de Chef ]

Lua Palace dezembro 6, 2008

Posted by Renata do Amaral in Aclimação.
Tags:
add a comment

luapalaceHá tempos queria ir a esse restaurante coreano, que além do mais fica na minha rua! Basta sentar para começar a chegar à mesa um couvert gigante, com cumbuquinhas que podem conter broto de feijão, amendoim temperado, conserva de acelga apimentada ou tofu. Tudo cortesia da casa.

O prato principal foi o kim tchi jon gol (R$ 45), uma caldeirada picante de acelga e carne de porco com macarrão transparente que dá para bastante gente. Todas as mesas têm um fogão no centro para manter a comida quentinha. De sobremesa, melancia para ajudar a aplacar o fogo do prato!

Endereço: Avenida Armando Ferrentini, 182, Aclimação

[ Foto: Marcelo Katsuki ]

Reserva Cultural dezembro 3, 2008

Posted by Renata do Amaral in Bela Vista.
Tags: ,
1 comment so far

reserva

O restaurante do cinema Reserva Cultural tem um visual bem interessante: fica abaixo do nível da rua e dá para ficar observando o corre-corre da Avenida Paulista (que nem um dos meus japoneses favoritos do Recife, o Soho). Ao lado dele fica a boulangerie Pain de France, um café simpático, porém caro de doer.

Como falei no Sobre, minha idéia aqui não é fazer crítica gastronômica nem avaliar o local, mas contar sobre minhas experiências. Digo isso porque sentei no restaurante, mas pedi opções do café – o que rendeu cara feia do garçom, apesar de a minha amiga Natália ter se esbaldado em sashimis e quiches. E não dá para avaliar de fato um local comendo só isso, né?

Pior que isso foi o decepcionante pain de chocolate (sic) (R$ 4). Tenho uma queda por massas boas de verdade e não foi bem isso que encontrei: a massa estava grudente e o chocolate era escasso – o pobre foi todinho para a lateral do pão e o meio ficou seco, seco! Um ponto interessante foi servirem chá com leite (R$ 3), algo meio raro de se encontrar fora da terra da rainha.

Endereço: Avenida Paulista, 900, Bela Vista

[ Foto: Divulgação ]