jump to navigation

Amor aos Pedaços outubro 21, 2008

Posted by Renata do Amaral in Consolação.
Tags:
add a comment

amorEsperando para ver um filme no Shopping Frei Caneca, fui comer um pedaço de torta de bem-casado na doçaria Amor aos Pedaços. A massa estava boa, mas senti um pouco de gosto de queijo no recheio, meio estranho! Prefiro a versão do Santa Papa.

Endereço: Rua Frei Caneca, 569, Consolação

[ Foto: Divulgação ]

Ofner setembro 16, 2008

Posted by Renata do Amaral in Consolação.
Tags:
1 comment so far

Depois de almoçar no Kalili, provei a eclair de café (R$ 5,50) da Ofner: massa de carolina, recheio de creme de café e cobertura de fondant de café. Estava boa, mas não mais que isso. A loja tem uma vitrine de dar água na boca, então devo voltar lá para experimentar outras coisas depois, até porque já notei que se trata de uma rede que está em todo canto.

Endereço: Avenida Higienópolis, 618, Consolação

[ Foto: Divulgação ]

Liberdade setembro 14, 2008

Posted by Renata do Amaral in Liberdade.
Tags: , ,
3 comments

O bairro da Liberdade concentra vários restaurantes japoneses, mas preferi ficar na feira da rua na minha primeira visita. Acontece aos domingos e é muito, muito, muito lotada, mas também divertida.

Na primeira barraquinha, pedi um harumaki (R$ 2,50), o mais que tradicional rolinho primavera. A diferença aqui fica por conta do molho de rabanete. Depois, em outra barraca, fui de bifum com frango xadrez. Nada muito fora do comum, só me chamou a atenção o fato de ter salsão, nunca tinha visto. O grande (R$ 10) dá para duas pessoas e o pequeno (R$ 8), bem, acho que pouca gente pede!

A sobremesa foi na Bakery Itiriki (sic), uma padaria levemente japonesa, mas com um monte de opções bem nacionais de tortas e doces. Escolhi um manju de nozes, com feijão, trigo e açúcar (R$ 3,50), bem denso e pouco doce, como costumam ser as sobremesas orientais. Por “denso”, leia-se “bate-entope”! Não estava ruim nem bom, ou seja, nada que justifique a cara de espanto que muita gente faz ao pensar em feijão e doce na mesma frase. O atendimento deixa a desejar e a fila estava enorme.

Endereço da feira: saída do metrô da Liberdade
Endereço da Bakery Itiriki: Rua dos Estudantes, 24, Liberdade

[ Foto: Brocco Lee (hahaha!) ]

Douce France setembro 13, 2008

Posted by Renata do Amaral in Cerqueira César.
Tags:
add a comment

MacarronsEsperei ansiosamente para conhecer a Douce France e não me decepcionei. Amo pâtisserie e todo chef (ou toda gulosa enxerida como eu) sabe que essa é a parte mais complexa da cozinha, apesar de ser tão pouco valorizada aqui no Brasil. Quantas pâtisseries você conhece? Não estou falando de lojas de doces comuns, que existem aos montes, mas de lugares que realmente se importam com a pâte, ou seja, a massa – onde a massa folhada é folhada mesmo, daquelas que levam horas para fazer e dão um trabalhão, mas que mostram o porquê de tanta dedicação assim que se dissolvem no céu da boca. Ai!

Isso para mim não tem preço e fui para lá disposta a sair mais pobre e mais feliz, mas qual o quê? (Aliás, desculpem se parece indelicado falar dos preços, mas é uma curiosidade que todo mundo tem quando se fala de restaurantes e uma preocupação constante para mim em meu momento trainee!) Pensei que seria uma visita para lembrar com carinho, mas vai ser um lugar para voltar sempre. Os doces grandes ficam em torno de R$ 8 e os pequenos, de R$ 3.

Tortinha de ganache de chocolateFui nos pequeninos para provar mais, claro! Macarron de pistache, eclair de baunilha e tortinha de ganache de chocolate. “São toda uma delicadeza”, como fala uma personagem de “A excêntrica família de Antônia” ao descascar uma alcachofra. A palavra é essa mesmo. Para mim, é arte pura. Como pode não ser, se causa tantas sensações? Provei um sorvete incrível com 70% de cacau, mas não pedi (vale ressaltar que isso foi logo depois de almoçar no Gopala Madhava). Estava planejando levar croissant e brioche pro jantar, mas ambos tinham acabado quando saí. Ficam pra próxima.

Endereço: Alameda Jaú, 554, Cerqueira César

[ Fotos: Divulgação ]